499 views | Notícias | Atualizado em: 05/01/2016

Após mal sucedido ato Cirúrgico Deputado Wald concede entrevista exclusiva à Metropolitana FM

Deputado Wlad_00002

( Reportagem: Mettran Senna Fotos: Jorge Nascimento )

Em entrevista ao Programa Comando Geral (12:00 às 13:00) da Rádio Metropolitana FM, o Deputado Federal Wladimir Costa, falou sobre os graves problemas de saúde que lhe afastaram da Câmara dos Deputados por um longo período, assim como de suas participações especiais de programas de radiojornalismo na 94,3FM, entre outras emissoras coirmãs, os quais quase lhe causaram a morte.

Wlad, como é conhecido em todo Pará, destacou que após passar por delicada cirurgia na coluna no dia 07 de Abril deste ano, obteve complicações de saúde, após mal procedimento, que lhe rendeu a necessidade de realizar outras sete cirurgias em menos de quatro meses, debilitando sua saúde de forma considerável, vindo a se recuperar com dificuldades nos últimos meses. Segundo o deputado, tal situação lhe rendeu inclusive vários comentários infundados por programas de televisão e rádio, que chegaram a veicular que ele havia ficado paraplégico, assim como com HIV/Aids.

“Eu sei que quem proliferou bastante este assunto de que eu estava paraplégico, foi o apresentador Jefferson Lima, as pessoas me mandavam, por que a minha família estava muito preocupada, então ele espalhou, ele compartilhou demais isso, chegou a proliferar que eu estava com HIV/Aids. Chegou a proliferar em seus programas de rádio e televisão que eu estava definitivamente sentado em uma cadeira de rodas. Mas eu faço questão de dizer à todo o publico ouvinte, eu tive medo de morrer sim, porque eu tenho uma família, eu tenho uma filha de um ano de idade, eu tenho um mãe de setenta, eu tenho mais quatro filhos, o Yohan, a Mikaela, a Carol e o Nyo.”, “A vida é isso, é nascimento, vida e a morte quando Deus determinar, mas eu sentia fundamentalmente por causa da minha família e das centenas de famílias que dependem hoje do Wlad para sobreviver.”, “Eu quero informar ao Jefferson Lima e às pessoas que o admiram, ele deve ter os seus admiradores, que eu por um milhão de vezes preferiria ser um cadeirante, por que eu tenho inúmeros amigos cadeirantes que são felizes, eu preferiria um milhão de vezes ser um aidético, eu só não aceitaria ser um Jefferson Lima, de ter personalidades triplas. De hoje ser Jatene e no outro dia ser apaixonado por Helder” destacou Wlad, sendo aplaudido por vários amigos empresários e autoridades políticas presentes nos estúdios da Metropolitana FM.

Já sobre o aspecto político nacional, no exercício de seu quarto mandato de Deputado Federal, Wladimir Costa não se declarou como oposição ao governo, mas sim de centro, porém extremamente favorável ao processo de Impeachement na Câmara dos Deputados da Presidente Dilma Roussef. Assim como acredita que infelizmente o povo brasileiro é de momento, onde as manifestações nas ruas podem acabar não influenciando no processo de impedimento da Presidente da República. Inclusive destacou sua preocupação sobre o destino que a votação tomará na Câmara, por deputados, os quais são os reais responsáveis pela votação do processo.

“Quem vota é deputado, e deputado ali… eu vou te falar, as maiores prostitutas do Brasil, são bem mais valiosas que muitos deputados que ali estão. Se vendem a troco de nada!”, disparou Wladimir Costa. Ao término da entrevista realizada em cadeia de rádio, o deputado afirmou que com a retomada de suas atividades normais, após completa recuperação de sua saúde, dará seqüência a projetos como a Ação Wlad e retornará ao rádio, mais fortalecido. Um coquetel foi servido por amigos do parlamentar aos presentes.

ÚLTIMOS POST's