24 views | Not-Geral | Atualizado em: 10/01/2018

Belém gera 96 mil empregos em cinco anos

Pesquisa do Dieese foi realizada em razão dos 402 anos da capital

Nos últimos cinco anos, Belém gerou 96 mil postos de trabalhos. Mesmo com os reflexos da crise econômica, a capital paraense ainda é a maior geradora de empregos do Estado. A conclusão é de uma pequisa do Dieese-PA (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) divulgada na manhã desta quarta-feira (10) em razãos dos 402 anos de Belém, que serão comemorados na sexta-feira (12).

Somente no ano passado, de janeiro a novembro, foram realizadas 73.354 admissões na capital, contra 75.024 desligamentos, gerando saldo negativo de 1.670 postos de trabalhos. Neste período, a maioria dos setores econômicos apresentou recuo na geração de empregos, com destaque para o comércio com perda de  2.479 postos, seguido da indústria com perda de 977 postos e agropecuária com menos 78 postos. O destaque positivo foi na construção civil, com abertura de 1.824 novos empregos.

Também de janeiro a novembro do ano passado, Belém foi o município com o maior número de contratações com carteira assinada. Foram 73 mil pessoas empregadas, seguida de Ananindeua (18 mil); Marabá (14.500); Parauapaebas (14 mil) e Santarém (9.100). Apesar dos números positivos, a capital paraense perdeu 1.670 postos de trabalhos de janeiro a novembro do ano passado.

ÚLTIMOS POST's