215 views | Not-Geral | Atualizado em: 17/04/2018

O Ministério da Integração reconhece a situação de emergência em Paragominas

Devido as fortes chuvas, dois rios transbordaram, duas crianças morreram e mais de 300 famílias ficaram desabrigadas.

O Ministério da Integração Nacional publicou nesta terça-feira (17) a portaria nº 106, de 16 de abril de 2018, que reconhece situação de emergência no município de Paragominas, sudeste do Pará, em decorrência das enxurradas que atingiram a região no último dia 12 de abril. Devido as fortes chuvas, dois rios transbordaram, duas crianças morreram e mais de 300 famílias ficaram desabrigadas.

Na portaria, o secretário nacional de proteção civil, Renato Ramlow, reconhece a situação devido aos desastres causadas pelas enxurradas. A Prefeitura municipal declarou estado de calamidade pública ainda no último dia 12. Em apenas uma hora, choveu 110mm, causando alagamentos por vários bairros.

Situação da cidade

 

Um sobrevoo realizado pela Prefeitura de Paragominas e Corpo de Bombeiros constatou o rompimento de represas em fazendas da região. O Ministério Público do Estado (MPPA) instaurou um inquerito para responsabilizar os responsáveis pela construção de pelo menos cinco represas, que contribuíram para os alagamentos.

A rodovia PA-256 se rompeu no km-12, trecho entre Paragominas e a Vila Canaã. Por questões de segurança, a pista foi totalmente bloqueada.

Todos os órgãos municipais foram mobilizados para atuarem nos locais de desastre e atender a população nos abrigos. Uma convocação de voluntários também foi acionada para arrecadação de recursos junto à comunidade.

A Defensoria Pública do Estado do Pará vai realizar ações voltadas para prestar auxílio às vítimas. As famílias que ficaram desabrigadas poderão emitir os documentos perdidos. A Companhia de Habitação do Pará (Cohab) vai cadastrar as famílias para no programa Cheque Moradia, e providenciar o remanejamento das que moram próximas às áreas de rio onde houve os alagamentos.

ÚLTIMOS POST's