224 views | Policia | Atualizado em: 17/04/2018

Rebelião e motim em presídio de Bragança termina com sete feridos e cinco mortos

Negociações encerraram por volta das 10h30, quando ocorreu a invasão tática na unidade prisional. O centro custodia 315 detentos, mas a capacidade é para 122.

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) confirmou a fuga de 8 após rebelião no Centro de Recuperação Regional de Bragança (CRRB), nordeste do Pará, nesta segunda-feira (16). Sete detentos ficaram feridos e são atendidos na unidade prisional por uma equipe do SAMU, nenhuma morte foi registrada.

Em boletim enviado no fim da manhã, a Susipe informou que a rebelião foi controlada. Uma equipe da Companhia de Operações Especiais (COE) da Polícia Militar foi deslocada até Bragança para ajudar nas negociações. A PM encerrou as negociações com os detentos por volta das 10h30, quando ocorreu a invasão tática na unidade prisional.

De acordo com a Diretoria de Administração Penitenciária, os presos se rebelaram devido a superlotação carcerária e demora das audiências com a Justiça. Atualmente, a unidade custodia 315 detentos, mas a capacidade é para 122.

Os detentos se rebelaram por volta das 06h15, durante a entrega do café da manhã, quando começaram a depredar parte das celas do bloco carcerário, além de queimar colchões e subir no telhado da unidade prisional. Um dos presos chegou a ser feito refém por outros detentos, mas foi liberado. Nenhum agente penitenciário foi tomado como refém.

ÚLTIMOS POST's